Accept Refuse

EUR-Lex Access to European Union law

Back to EUR-Lex homepage

This document is an excerpt from the EUR-Lex website

Document 62005TA0086

Processo T-86/05: Acórdão do Tribunal de Primeira Instância de 12 de Dezembro de 2007 — K & L Ruppert Stiftung/IHMI — Lopes de Almeida Cunha e o. (CORPO LIVRE) ( Marca comunitária — Processo de oposição — Pedido de marca figurativa CORPO LIVRE — Marcas nacionais e internacionais nominativas LIVRE — Prova tardia do uso das marcas anteriores )

OJ C 22, 26.1.2008, p. 40–41 (BG, ES, CS, DA, DE, ET, EL, EN, FR, IT, LV, LT, HU, MT, NL, PL, PT, RO, SK, SL, FI, SV)

26.1.2008   

PT

Jornal Oficial da União Europeia

C 22/40


Acórdão do Tribunal de Primeira Instância de 12 de Dezembro de 2007 — K & L Ruppert Stiftung/IHMI — Lopes de Almeida Cunha e o. (CORPO LIVRE)

(Processo T-86/05) (1)

(«Marca comunitária - Processo de oposição - Pedido de marca figurativa CORPO LIVRE - Marcas nacionais e internacionais nominativas LIVRE - Prova tardia do uso das marcas anteriores»)

(2008/C 22/74)

Língua do processo: alemão

Partes

Recorrente: K & L Ruppert Stiftung & Co. Handels-KG (Weilheim, Alemanha) (Representantes: D. Spohn e A. Kockläuner, advogados)

Recorrido: Instituto de Harmonização do Mercado Interno (marcas, desenhos e modelos) (Representante: G. Schneider, agente)

Outras partes no processo na Câmara de Recurso do IHMI: Natália Cristina Lopes de Almeida Cunha (Vila Nova de Gaia, Portugal); Cláudia Couto Simões (Vila Nova de Gaia); Marly Lima Jatobá (Vila Nova de Gaia)

Objecto do processo

Recurso da decisão da Primeira Câmara de Recurso do IHMI de 7 de Dezembro de 2004 (processo R 328/2004-1), relativa a um processo de oposição entre K & L Ruppert Stiftung & Co. Handels-KG e Natália Cristina Lopes de Almeida Cunha, Cláudia Couto Simões e Marly Lima Jatobá

Parte decisória

1)

É negado provimento ao recurso.

2)

A recorrente, K & L Ruppert Stiftung & Co. Handels-KG, é condenada nas despesas.


(1)  JO C 155 de 25.6.2005.


Top