Glossário das sínteses

Ajuda Exportar em PDF Imprimir esta página 

Luta contra a criminalidade organizada

A política da UE tem por objetivo lutar contra a criminalidade organizada. Enquanto as atividades operacionais, como o julgamento de criminosos, continuam a ser da responsabilidade dos países da UE, o objetivo da UE consiste em prestar uma assistência mais eficaz à luta contra a criminalidade organizada. A ação da UE baseia-se em diversos instrumentos, tais como a recolha de estatísticas fiáveis em matéria de criminalidade e a criação de redes para troca de informações e de boas práticas. A UE beneficia da assistência das suas agências especializadas, tais como a Europol, a Eurojust e a CEPOL.

O Fundo para a Segurança Interna (FSI), criado para o período de 2014-2020, promove a aplicação da Estratégia de Segurança Interna e é composto por dois instrumentos: o FSI Fronteiras e o FSI Polícia.

O FSI Polícia irá apoiar ações relacionadas com a luta contra a criminalidade transfronteiriça, grave e organizada e reforçar a cooperação entre as autoridades de aplicação da lei. A dotação orçamental para a execução do programa 2014-2020 é de 1,004 mil milhões de euros.