Glossário das sínteses

Ajuda Exportar em PDF Imprimir esta página 

OLAF (Organismo Europeu de Luta Antifraude)

O Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF) foi criado em 1999 com o objetivo de investigar casos de corrupção e faltas graves no âmbito das instituições da União Europeia (UE), assim como casos de fraude lesiva do orçamento da UE.

O OLAF investiga os órgãos da UE no sentido de detetar fraudes, corrupção e outras atividades ilegais lesivas dos interesses financeiros da União. Averigua ainda questões relacionadas com o exercício de atividades profissionais que não afetem os interesses financeiros da UE.

Além disso, investiga organizações ou indivíduos externos com o intuito de detetar fraudes ou outros comportamentos irregulares (nomeadamente, no funcionamento de programas de financiamento da UE ou fraude aduaneira), frequentemente em cooperação com as autoridades dos países da UE e, por vezes, com as autoridades de países não pertencentes à União.

Em 2013, novas leis resultaram numa maior independência do OLAF e numa maior eficácia dos procedimentos de trabalho.

Desde 2012, o OLAF recomendou a recuperação de um total de 686,8 milhões de euros por parte das autoridades competentes.