Glossário das sínteses

Ajuda Exportar em PDF Imprimir esta página 

Agências da União Europeia

As agências da União Europeia (UE) são organismos criados pela UE com o objetivo de desempenhar uma função de natureza técnica, científica ou de gestão específica. Estão divididas em quatro grupos:

  1. As agências descentralizadas desempenham funções de natureza técnica, científica ou de gestão destinadas a ajudar as instituições da UE a elaborar e executar políticas. São criadas por um período de tempo indefinido e encontram-se espalhadas pela UE.
  2. As agências executivas ajudam a Comissão Europeia a gerir os programas da UE. São criadas por um período de tempo fixo e devem estar sediadas no mesmo local que a Comissão (Bruxelas ou Luxemburgo).
  3. As agências do Tratado que institui a Comunidade Europeia da Energia Atómica (EURATOM) foram criadas para coordenar os programas nacionais de investigação nuclear para fins pacíficos, para fornecer conhecimentos, infraestruturas e financiamento para a energia nuclear e para assegurar um abastecimento suficiente e seguro de energia nuclear.
  4. O Instituto Europeu de Inovação e Tecnologia (EIT), um organismo independente da UE, procura promover a capacidade da Europa para desenvolver novas tecnologias agregando os seus melhores recursos científicos, empresariais e educativos. Está sediado na Hungria.